Octávio Cesário Pereira Júnior (Sala Exclusiva) Política – Itajaí – Santa Catarina

Filho de Octávio Cesário Pereira e d. Maria de Souza Pereira nasceu na cidade litorânea de Itajaí, Santa Catarina, no dia 7 de fevereiro de 1926. Concluiu seus estudos primários e secundários em seu estado natal e formou-se na Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná no ano de 1952. Em sua fase estudantil exerceu a militância política, sendo eleito presidente do Diretório Acadêmico Hugo Simas e presidente do Conselho Permanente da União Paranaense dos Estudantes.

Logo apos a formatura fixou residência e escritório em Cambé, interior do Paraná e ali filiou-se à União Democrática Nacional (UDN), chegando a presidente do diretório local. Em Londrina (cidade vizinha a Cambé) foi promotor público Interino e participou da administração em diversas entidades rurais, políticas e profissionais, como: Associação Rural de Cambé (presidente); Sindicato Rural de Cambé (presidente); Sociedade Rural do Norte do Paraná (conselheiro); OAB – subseção – Londrina (conselheiro), entre outras.

Em 1962 elegeu-se deputado federal e em 1963[3] o então governador do estado do Paraná, Ney Braga, convocou-o para o cargo de Secretário de Estado do Trabalho e Assistência Social e nesta mesma gestão acumulou, interinamente, o cargo de Secretário de Estado da Saúde Pública.

Entre 1965 e 1966 foi chefe de gabinete do amigo e, agora, ministro da Agricultura Ney Braga. Em 1967 foi eleito suplente do Senado Federal (sendo efetivado no cargo em 1974) e reeleito deputado federal em 1973. Em 1973 ocupou, novamente, uma secretaria no governo de Emílio Gomes, na Secretária de Estado do Interior e Justiça do Paraná.

Entre 1975 e 1979 foi vice-governador do Paraná, na administração de Jayme Canet Junior, ocupando interinamente o executivo em três momentos: agosto de 1977, de 2 de setembro a 20 de setembro de 1977 e entre 6 de dezembro a 21 de dezembro de 1978.

Entre 15 de março de 1979 e 12 de fevereiro de 1982 foi Secretário de Estado da Justiça no governo do amigo Ney Braga e em 1983 foi reeleito deputado federal. Em 1989 foi presidente do diretório estadual do Partido da Frente Liberal (PFL) e em meados da década de 1990 afastou-se da política para cuidar do seu escritório de advocacia em Londrina.

Octávio Cesário Pereira Júnior faleceu na noite de domingo, dia 23 de novembro de 2003, aos 77 anos de idade.

Comentarios 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *