Anita Zippin (2016) Direito – Curitiba – Paraná

Anita Zippin, filha de Dálio e Ana Linhares Zippin, nascida em Curitiba, no dia 17.10.1952

Infância no bairro Seminário, estudou no Grupo Escolar D. Pedro II, no Colégio Cajuru, e Colégio Estadual do Paraná.

Cursou na UFPR, Direito, sendo da turma de 1974, é jornalista, tendo 3000 crônicas publicadas em jornais e revistas do Paraná, Brasil, Uruguai e Argentina.

Aqui, escreveu para Gazeta do Povo, Estado do Paraná, Jornal do Estado, Indústria e Comércio e foi fundadora do periódico A Folha da Imprensa.

Primeira Rotaryana do Brasil, uma das fundadoras do Rotary Club Curitiba Gralha-Azul, o primeiro clube formado por profissionais femininas do Brasil.

Foi diretora de Cultura da presidência da Telepar- na presidência de Luis Alberto Martins de Oliveira, tendo feito à época, 9 eventos culturais em 9 meses de gestão,sem ônus para a empresa.

Foi presidente do Conselho Estadual de Entorpecentes, quando governador Jaime Lerner e Secretário de Justiça, Pretextato Taborda Ribas

É funcionária do Tribunal de Justiça do Estado, há 36 anos, exercendo diversos cargos na área jurídica e cultural, trabalhando com diversos Presidentes, como Armando Carneiro, Jorge Andriguetto(1vice), Tufi Maron(corregedor), etc.

É membro honorário da CEJA-Comissão Estadual Judiciária de Adoção, responsável pela Adoção Internacional, seu maior feito junto ao Tribunal de Justiça. À época, junto com o então deputado federal Airton Cordeiro, transformou a CEJA em lei federal, que consta no Estatuto da Criança e do Adolescente, graças aos Mosqueteiros da Adoção, como assim os chama: Desembargadores Moacir Guimarães, Tufi Maron e Jorge Andriguetto.

Apresenta alguns livros, bem como figura em alguns.

Suas obras literárias:

 

– O Dálio que Eu Vi

– Década(coletânea de crônicas de 10 anos de jornalismo, publicada pelo então Banestado, com o apoio do presidente Antonio Carlos de Almeida Ferreira e do diretor de Cultura , jornalista Francisco Souto Neto

– Pais. Filhos.Encontros. Desencontros

– Palácio de Madeira( em fase final)

 

Atualmente é Presidente da Academia de Letras José de Alencar, entidade cultural fundada há 70 anos, a convite do escritor Vasco José Taborda, reeleita para o biênio 2017-2019.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *