Ovidio Gasparetto (2015) Comércio – Rio de Janeiro Capital

Nascido na cidade do Rio de Janeiro em 01/11/1928.

Criado no interior do Paraná até aos seis anos, quando voltou ao RJ, onde estudou do 1º. ao 5º. ano do Curso Primário.

Transferido para o Ginásio de S. Bento em S. Paulo, depois Curitiba onde concluiu o Ginásio no Internato do Colégio Paranaense.

Retornou a S.Paulo e cursou o Cientifico no Colégio Arquidiocesano.

Entrou em seguida na Faculdade de Direito da USP.

Transferiu-se para Ponta Grossa, onde permaneceu de 1952 até 1962. Nesse período foi por dois mandatos, Presidente da ACIPG-Associação Comercial e Industrial de Ponta Grossa entre 1956-1960. Em 1962 mudou-se para Curitiba.

Entre 1951 e 1966 foi sócio da Empresa Nilo Gasparetto & Cia. Com sede em Ponta Grossa, tendo construído a mais moderna fabrica de manufaturados de madeiras da época, no bairro do então incipiente Atuba, na confluência com a BR116.

Foi candidato a Prefeito de Ponta Grossa pelo PDC, partido pelo qual disputou o cargo de Deputado Estadual, não tendo sido eleito em nenhuma das duas disputas.

Em 1972 mudou-se para Belém no Pará, com sua primeira esposa e seus três filhos, Gabriel, Ovidio e Helena, onde fundou a empresa AMAZONEX INDUSTRIAL EXPORTADORA S/A, pioneira na produção e exportação de produtos manufaturados de alta qualidade voltados para os mercados europeus, norte americano, Caribe e Japão.

Separou-se , e em 1984 casou-se com Cynthia Palmeira Greidinger, que o acompanha até hoje. Foi Vice Presidente da Federação das Indústrias do Pará; Presidente do Sindicato dos Produtores de Madeira do Pará; Diretor do Instituo Euvaldo Lodi da FIEPA. Ocupou vários cargos de representação da Classe Empresarial. Consultor de vários órgãos do Governo do Pará. Representante da Classe Madeireira da AMAZONIA como Assessor da Delegação do Itamarati na ITTO-Internatial Tropical Timber Organization, tendo participado de reuniões da entidade durante dez anos, no Equador, Peru, Bolívia, Japão (varias vezes), Filipinas, Malásia, Camarões, Londres.

Diretor e Conselheiro técnico da AEB-Associação Brasileira de Comercio Exterior.

Foi palestrante representando a FIEPA, em Bonn; em Nova York no World Trade Center; em Genebra na OMC-Organização Mundial do Comercio; na FAO em Roma; Cambridge na Grã Bretanha. Debatedor e orador convidado em vários estados da Amazônia sobre os temas relacionados à floresta, sua sustentabilidade e utilização comercial. Foi membro do COEMA-Conselho Temático do Meio Ambiente da CNI. Apresentou em Brasília, indicado pelo Ministério de Relações Exteriores, tese sobre a Sustentabilidade do Mogno para a Agenda 21.

Foi convidado do Banco Mundial em 1998, participando do Grupo de Trabalho que estudou os ecossistemas e desenvolvimento sustentável das florestas  tropicais da Ásia, África e América do Sul, tendo percorrido a Indonésia, Malásia, Venezuela, Camarões. Viveu e viajou pela Amazônia durante quase 34 anos!

Publicou vários trabalhos sobre a Amazônia, seu eco-sistema, meio ambiente, e temas correlatos. Escreveu por mais de dez anos para jornais de Belém. Autor do livro “Brasil com Amazônia ou Amazônia sem Brasil ?”, edição logo esgotada.

Em 2004 retornou a Curitiba onde vive.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *