Zélia Maria Nascimento Sell (2016) Educação – Curitiba – Paraná

É paranaense e curitibana ‘da gema’, terceira filha do médico Ney Regattieri do Nascimento e da professora Luiza Grein do Nascimento, sendo seus avós paternos Agostinho França do Nascimento, descendente do poeta, militar e jornalista Domingos Virgilio do Nascimento, (autor dos hinos do Paraná e de Paranaguá) , por sua vez filho de uma índia de Guaraqueçaba e de um pescador ibérico.
Sua avó paterna, .Josephina Casagranda Regattieri descende de italianos arquitetos de Mantova e imigrantes aqui chegados à Colonia de Santa Maria do Novo Tirol da Boca da Serra, em Piraquara para a construção da Estrada de Ferro.
Os avós maternos são Victor Peters Grein ,descendente das duas primeiras levas de alemães de Rio Negro- Paraná, os Grein e os Peters , e Joanita Moletta, dos italianos da Capelinha da Água Verde.
Zélia se formou em Magistério na última turma do Colégio Sion e em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná em 1975, quando já trabalhava como repórter no Diario do Paraná e no jornal “O Estado do Paraná”, tendo também estagiado na agência de propaganda do Sr.Norberto Toedter.
Em 1976 casou-se com Luiz Carlos Rambusch Sell advogado e representante comercial, descendente de pioneiros alemães e dinamarqueses d
e Santa Catarina,com que teve três filhos: Leticia, Marina e Guilherme, dois dos quais jornalistas.
Após vários trabalhos em agencias de publicidade fazendo textos e revistas (“Quem “, “Clube Curitibano”) jornais para sindicatos e o famoso “Femina” ,da rede de lojas Modelar na JIPS Publicidade, Zélia foi convidada a produzir e apresentar o programa “Nossa História”, por ela criado, produzido e apresentado há 13 anos na rádio E-Paraná Am 630. Com ele, recebeu vários prêmios e distinções, nacionais e internacionais, tendo o reconhecimento da UNESCO, durante o Forum Cultural Mundial do Anhembi, em São Paulo como um programa de vasto alcance social.
Zélia é pós-graduada em Administração com Ênfase em Planejamento Governamental pela PUC -Paraná, em Inglês pelo Centro Cultural Brasil – Estados Unidos e em Francês pela Alliance Française.
Pertence ao Instituto Histórico e Geográfico do Paraná , onde é membro efetiva desde 1999 e se corresponde com o arquivista da rainha da Dinamarca (hoje aposentado) há mais de 20 anos, em inglês.
Esteve naquele país em reunião da família Rambusch, que acontece a cada 4 anos.
Escreve para os boletins do IHGPR, do Centro de Letras do Paraná, e diversas revistas e jornais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *