Oriovisto Guimarães (2009) Educação – Batatais – São Paulo

Oriovisto Guimarães nasceu em Batatais (SP), em 1945. Mudou-se aos três anos de idade com a família para o Paraná. É diretor-presidente do Grupo Positivo, desde a sua fundação, e foi também o primeiro Reitor da Universidade Positivo. Economista e professor de matemática, foi líder do grupo de professores paranaenses que, em 1972, criou e sistematizou uma metodologia própria de ensino, hoje presente na sala de aula de quase 1 milhão de alunos no Brasil e exterior. Um grupo de empreendedores no campo do saber: além de terem criado um conteúdo pedagógico único, eles mesmos o transformaram em livros e o usaram para levar conhecimento a milhares de alunos.

Ao lado de seus companheiros, Oriovisto Guimarães fundou em 1972, o Curso Positivo, que ao longo dos anos conseguiu transformar uma pequena sala de aula na maior corporação de educação do país. Hoje o Grupo Positivo conta com mais de 4.000 colaboradores e atua no Brasil e Estados Unidos, além de países da Ásia, América do Sul, África, Europa e Oriente Médio. Reúne empresas líderes nacionais nos três segmentos em que atua: educacional, gráfico-editorial e informática.

Na área educacional, os produtos do Grupo Positivo chegam diretamente à sala de aula de milhões de alunos, da educação infantil ao ensino superior. Conta com escolas próprias e uma Universidade, com 14.000 alunos, além de uma rede de escolas públicas que adotam seus sistemas de ensino. O Grupo Positivo, também, mantém cinco portais de Internet adotados por instituições públicas e particulares, desde a educação infantil até o ensino superior.

A editora do grupo possui em seu portfólio o Dicionário Aurélio, entre centenas de outras obras. O Grupo Positivo conta ainda com a maior gráfica da América Latina e vem consolidando sua posição na área tecnológica com a Positivo Informática, empresa líder na venda de computadores, além de ser referência em tecnologia educacional com produtos exclusivos, como as mesas educacionais.

É autor do Livro Você é o Dono da Escola (1990) e de várias coleções de livros didáticos de matemática, além de tradução de Como Sair da Crise, de Luiz Pazos (l993). Colaborador assíduo de jornais e revistas paranaenses e nacionais. Foi o responsável pela aquisição da biblioteca do diplomata, ministro e acadêmico Roberto Campos, hoje parte do acervo da Biblioteca da Universidade Positivo.

Exerceu o cargo de Conselheiro de Educação do Paraná em três gestões. De 2001 a 2004 foi representante no Paraná do Programa das Escolas Associadas à UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação. Tomou posse na cadeira no 6 da Academia Paranaense de Letras no dia 8 de maio de 2006, no Teatro Positivo, saudado pelo Acadêmico René Ariel Dotti. (EB)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *