Antonio Miguel Espolador Neto (2016) Comércio – Marilândia do Sul – Paraná

O empresário Antonio Miguel Espolador Neto é um nome novo entre as lideranças paranaenses. Embora tenha mais de 20 anos de participação na Associação Comercial do Paraná e na Federação do Comércio e na Associação Brasileira de Calçados, foi só quando assumiu a presidência da entidade que os flashes passaram a espoucar na sua direção.

Espolador não faz parte das famílias tradicionais que dominaram o comércio paranaense por tantos anos. Natural da cidade paranaense de Marilândia do Sul, no norte do estado, viveu alguns anos em Apucarana. É comerciante desde 1978.

Toninho, como é chamado pelos amigos, começou a carreira na rede de lojas Casas Felipe, com sede em Paranavaí. Espolador trabalhou com os Irmãos Felipe no norte do estado e em Ponta Grossa.

A partir daí, seu tino de comerciante encontrou um nicho e ele não desperdiçou: abriu o próprio negócio ao criar um varejo de calçados em 1981, o “Depósito de Calçados Pague Menos”, no Portão, em Curitiba. Desde então, não parou de crescer.

Aproveitando os bons ventos trazidos pelo Plano Real, o empresário criou em 1994 a marca Planeta Pé. Dois anos mais tarde, agregou a rede Scarpini, também de calçados, marca que passou a englobar toda a rede de lojas.

Espolador foi mais longe. Tratou de expandir seus negócios e passou a atuar também no ramo imobiliário, com a Incorporadora Nel Brasil e a Spoladore Administradora de Bens. No setor de agronegócios, capitaneia a Nelore Brasil Agropecuária.

Para quem iniciou a carreira no balcão, nenhum desafio assusta. “Minha experiência como empresário, meu conhecimento da estrutura da ACP e o trabalho dos meus companheiros de diretoria, conselhos e dos colaboradores da entidade, tem me ajudado a desenvolver o trabalho a que me propus quando assumi a presidência da ACP”, diz ele.

Com mais de 125 anos de atuação, a Associação Comercial do Paraná é uma referência e uma entidade fundamental na defesa das bandeiras do comércio paranaense. A primeira do Estado, “Mais cedo ou mais tarde, o país vai superar as dificuldades que estamos enfrentando. E quando isso acontecer, a ACP estará totalmente preparada para encarar o futuro”, diz o presidente.

Com mandato até o final de 2016, até lá Espolador espera implantar todas as medidas que planejou para a entidade, deixando-a cada vez mais forte e sustentável.

Comentarios 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *